terça-feira, 11 de julho de 2017

Contribuintes que não entregarem o Documento de Informações Fiscais podem ter inscrição estadual suspensa

       Dos 7.948 contribuintes obrigados a entregar o Documento de Informações Fiscais (DIF), 1.161 estão em situação de omissão do documento, ano-base 2016. O prazo para entrega foi até o dia 28 de fevereiro de 2017. Esses contribuintes já estão com suas inscrições estaduais com restrições na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) desde o dia 13 de junho deste ano, conforme previsão legal do Decreto nº 2.912/2006. A declaração é anual e obrigatória para todos os contribuintes inscritos no Cadastro de Contribuintes do Estado do Tocantins (CCI-TO), exceto para os optantes do Simples Nacional.

         Caso o contribuinte não regularize sua situação fiscal, que já está com restrições, até a quinta-feira, 13, a inscrição estadual será suspensa de ofício do CCI -TO. “A restrição interrompe temporariamente a regularidade cadastral do contribuinte e o impede de ser destinatário de mercadorias ou serviços”, alertou Mayko Tenório, gerente de Informações Econômico-Fiscais da Sefaz.
         A entrega do DIF é uma obrigação do contribuinte e o documento serve, entre outras situações, para a elaboração do Índice de Participação dos Municípios (IPM) - repasse sobre o montante de 25% do que é arrecadado com ICMS aos 139 municípios tocantinenses. “Sem as informações econômico-fiscais, ou seja, entradas e saídas de mercadorias e prestação de serviços que devem constar no DIF das empresas, os municípios podem sofrer a redução de seu índice e a consequentemente perda de recursos financeiros”, ressaltou Mayko Tenório.
Declaração
           A entrega da declaração é obrigatória para todos os contribuintes que possuem estabelecimentos comercial ou industrial, seja matriz, filial, sucursal ou depósito, inscritos no CCI -TO. Também estão obrigados a declarar o produtor agropecuário, pessoa física, que possua termo de homologação de Autorização de Impressão de Documentos Fiscais (AIDF), modelo M-4, com a situação ativa no exercício a ser declarado.