sexta-feira, 18 de agosto de 2017

Tocantins irá produzir alimentos para países árabes, Porto Nacional se destaca pela ZEN

      A  ZEN - Zona Especial de Negócios de Exportação, sediada em Porto Nacional, no distrito Luzimangues, é o maior complexo industrial da América Latina, com 11 milhões de metros quadrados.

         Num segundo encontro com o Grupo Parlamentar Brasil-Países Árabes, neste dia 17, no Palácio Araguaia, onde estavam presentes o Governador Marcelo Miranda, o deputado federal César Halum, que preside o GPBPA -, representantes e empresários interessados na exportação de produtos produzidos no Estado para países do mundo árabe, o prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia deixou claro que o município está pronto para receber as indústrias na Zona Especial de Negócios – ZEN, localizada em Luzimangues.
        Transformar o Tocantins em um modelo de produção de alimentos voltado para a exportação aos países árabes, bem como ser expandido para o mundo. Esse é o propósito do Governador Marcelo Miranda. O primeiro encontro aconteceu no início de junho deste ano, quando o Governador assinou Protocolo de Intenções que incentiva a produção de alimentos voltados para os países árabes. De lá pra cá, muito já se avançou. “Hoje, o assunto avançou com a presença do supervisor da Capital Of Islamic Economy, Khalid Al Janahi,  que sugeriu a criação de um Fundo Islâmico no Brasil para custear a execução dos projetos a serem executados no Estado”, adiantou o governador. Receptivo à proposta, Marcelo Miranda determinou celeridade aos trâmites necessários.
     “Atualmente, a economia islâmica está entre as principais do mundo. Atinge cerca de U$ 2.8 trilhões, com previsão de alcançar U$ 3.6 trilhões em 2018, sendo responsável pela movimentação de 18% do dólar no mundo”, exemplificou Khalid Al Janahi, ao defender a criação do Fundo Islâmico no Brasil, para custear a execução dos projetos que serão desenvolvidos no Estado. O Fundo será mantido por países islâmicos. Na opinião dele, o Tocantins deverá ser modelo a ser difundido no Brasil e em outros países, especialmente da América Latina.
Porto Nacional
      O município de Porto Nacional se destaca no projeto por vários motivos, dentre eles a localização geográfica, terras férteis e a excelente logística de distribuição, com a ferrovia Norte-Sul. “Temos em Luzimangues o maior loteamento industrial do Estado que forma a Zona Especial de Negócios – ZEN, e daremos suporte a todos que queiram ali se instalar para a industrialização dos alimentos.” Declarou o prefeito Joaquim Maia.

Certificado Halal
     Toda exportação brasileira para qualquer país islâmico tem que ter o Certificado Halal. É um processo pelo qual uma agência controlada pelo governo e/ou uma organização islâmica reconhecida, certifica a aptidão das indústrias em praticar os procedimentos Halal na produção, na armazenagem e na comercialização de produtos destinados aos consumidores muçulmanos.