terça-feira, 1 de maio de 2018

Confiança do empresário: abril registra maior resultado desde fevereiro de 2014

        Com 123,2 pontos, o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) chegou ao maior resultado já registrado nos últimos quatro anos. A última vez que o índice registrou um número tão alto foi em fevereiro de 2014, com 123,6 pontos. A pesquisa é da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), realizada em parceria com a Fecomércio Tocantins.

           Ao todo, 73,9% dos comerciantes disseram que pretendem aumentar o número de colaboradores. Este número é 14,3% superior ao do mesmo período do ano passado e 4% maior que o resultado de março. Sobre os estoques, 66% acreditam que estão adequados, 22,1% tem produtos acima do apropriado e 11,9% abaixo do conveniente.
        Em relação aos investimentos, 57,5% das empresas participantes da pesquisa afirmaram que o nível deve ser maior. “Entre elas, as do segmento de semiduráveis, como lojas de calçados e roupas, são as que mais deverão investir, com 65% dos respondentes. Já se for analisar o porte dos empreendimentos, as grandes empresas (com mais de 50 funcionários) estão à frente, com 75% das afirmações”, explica a assessora econômica da Fecomércio, Fabiane Cappellesso.
Presente e futuro
        É importante analisar também os dados relacionados às expectativas e perspectivas. Sobre a situação atual, 51,9% dizem que a economia brasileira melhorou, 54,5% afirmam que o setor está mais favorável e 66,3% garantem que as empresas apresentaram crescimento. Já sobre as expectativas, 89,7% dos entrevistados aguardam por melhorias na economia, 91,3% acreditam em bons resultados para o setor do comércio e 93,4% esperam progresso em suas empresas.
A pesquisa ouviu 120 empresas, nos últimos dez dias do mês de março. Para acessar a pesquisa na íntegra, acesse: https://goo.gl/1GPikG.