segunda-feira, 25 de junho de 2018

FIETO incentiva busca por soluções inovadoras por meio de jogo interativo com empresários

Jogo da Inovação (JOIN) foi realizado com empresários tocantinenses com a supervisão do IEL Bahia.

              Com o objetivo de incentivar práticas inovadoras nas empresas, a Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) realizou nesta quinta-feira, 14/06, o jogo da Inovação (JOIN), atividade interativa que contou com a participação de empresários tocantinenses. O JOIN foi desenvolvido pelo IEL/Bahia e propõe soluções inovadoras para os problemas cotidianos das empresas.
              A atividade foi mediada pela consultora Fabiana Carvalho (IEL/Bahia) e os empresários que integram o projeto Competir com Inovação participaram da partida. O JOIN funciona de forma que os conceitos e fundamentos são apresentados fazendo uma analogia com a formação tática de um jogo de futebol. Na defesa, são abordados os riscos da inovação, evitando que oportunidades virem gol contra. No meio de campo, o foco é a melhoria do processo de gestão da inovação, facilitando que boas ideias se transformem em inovações de forma rápida e eficiente. E no ataque, a empresa é orientada a criar e aproveitar mais oportunidades.
             Outra tática do jogo é a interação entre os empresários que possibilita a diversidade de olhares sobre os problemas de cada empresa. A consultora Fabiana Carvalho destaca a importância dessa integração. “Procuramos incentivar a diversidade e os diferentes olhares para os desafios das empresas, a fim de que soluções novas sejam encontradas para cada desafio. O empresário tem a oportunidade de abrir a mente e buscar medidas que fujam do comum, novas rotas e novas alternativas para suas empresas”, ressalta.
      O jogo foi implementado nas empresas desde 2014 e é desenvolvido tanto coletivamente, como internamente nas empresas. O empresário Vladimir Dias, da Gelo Potável Palmas, participou do jogo e confirmou a eficácia da estratégia adotada. “A gente vê vários aspectos do problema. Você coloca seu problema e vê outras visões de outras pessoas que têm outras soluções, às vezes simples, e que você não pensou”, avaliou.