quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Governo firma parceira com “Sistema S” que vai beneficiar os 139 municípios com qualificação profissional

           O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) assinou, na tarde desta terça-feira, 17, um Termo de Compromisso Técnico entre as instituições do “Sistemas S” e Secretarias Municipais de Assistência Social. O termo visa à colaboração técnica para ofertar cursos de qualificação profissional, contemplados no eixo temático estruturante da área do Plano Estadual de Inclusão Produtiva e vai beneficiar famílias dos 139 municípios tocantinenses.



              O evento foi realizado no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Palmas e contou com a presença de cerca de 170 pessoas.

             A secretaria municipal de Assistência Social de Aparecida do Rio Negro, Ana Cláudia Moura, disse que os cursos vão trazer grande oportunidade para os municípios. “Principalmente os pequenos, que passam por dificuldades financeiras, mas precisam capacitar as pessoas que precisam melhorar seus rendimentos, melhorando assim a qualidade de vida das famílias”, afirma Ana Cláudia.



                O secretário da Setas, José Messias Araujo, destacou que a realização desse tipo de parceria, no sentido de avançar no desenvolvimento econômico e social do Tocantins, é uma das prioridades do Governado do Estado. “Essa parceria traz grandes oportunidades e é um grande passo para que o Governo avance mais ainda para atender a todas as demandas do Tocantins”, enaltece o gestor.



                A diretora regional do Senai, Márcia Rodrigues de Paula, destacou que a grande importância dessa parceria é a soma de esforços, junto com a Setas, num trabalho articulado, focado em oportunidade, sabendo o que é necessário para esse desenvolvimento juntamente com a qualificação. "Quando se une os dois elos é uma ponte em prol da inclusão do profissional no mercado de trabalho e consequente geração de renda”, afirmou.

Cursos

                     Os cursos terão carga horária com 60 até 1.200 horas e previsão de inicio ainda em 2019. O objetivo central é apoiar o desenvolvimento profissional de famílias beneficiárias dos Programas de Transferências de Renda, por meio da Gerência de Inclusão Produtiva, com ênfase para os beneficiários do Programa Bolsa Família.

                      Segundo o conselheiro de Economia Solidária da Setas, Valter Frota as qualificações profissionais foram solicitadas pelos gestores municipais após o sucesso das edições das capacitações do Plano de Inclusão Produtiva, realizados pelo Governo do Tocantins, por meio da Setas, nesse ano.

“Sistema S”

                     O “Sistema S” é composto por uma série de instituições e representa um conjunto de organizações e entidades voltadas para questões profissionais diversas. De uma forma geral, elas servem de apoio para a indústria, para o varejo e para os próprios trabalhadores, em diferentes ramos.