728x90 AdSpace

Day News
quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

Um ano repleto de desafios e conquistas para o turismo e a cultura

Um momento de crise mundial requer força de vontade, criatividade e visão de futuro. E foi assim que o Governo do Tocantins, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), atuou ao longo de 2020, um ano marcado pela pandemia da Covid-19, mas também por projetos de valorização do ser humano e estímulo a novas oportunidades.




“Conseguimos nos reinventar e trabalhar para amenizar os impactos da crise, desenvolvendo ações inovadoras que permitiram que os setores mais impactados pudessem contar com apoio do Governo do Estado”, relata o presidente da Adetuc e secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, Tom Lyra, ressaltando que todas as ações da Agência foram acompanhadas pelo governador Mauro Carlesse, que muito se empenhou para auxiliar os segmentos mais atingidos pela crise.

O setor cultural, há anos renegado a uma posição periférica, foi o que mais conquistas obteve. O pré-carnaval “Toca pra Praça” valorizou os músicos locais e recuperou a alegria das antigas edições da festa popular da Capital. A realização foi do Instituto Cidadania Amazônia, apoiado pelo Governo do Estado, por meio da Adetuc, e com liberação de emenda parlamentar. O sucesso do projeto garantiu a realização do Carnaval 2020, também na Praça dos Girassóis, dessa vez mesclando atrações regionais e nacionais.

Ainda na lista de ações voltadas à redução dos impactos financeiros provocados pela pandemia da Covid-19, o Instituto Cidadania Amazônia, com aporte de emenda parlamentar da deputada estadual Claudia Lelis e apoio do Governo do Tocantins, por meio da Adetuc, realizou o projeto “Somos todos o Tocantins”, que proporcionou, aos artistas tocantinenses, a oportunidade de se apresentarem ao público com transmissão pelas redes sociais.

Assistência social

Também foram entregues cestas básicas a mais de 4 mil famílias de músicos, artesãos, foliões, barqueiros e pescadores de todo o Estado, em uma ação conjunta com a Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social, autorizada pelo governador Mauro Carlesse, para socorrer um dos segmentos mais afetados pela pandemia.

E por falar em artesãos, alguns dos principais eventos do setor no Brasil foram cancelados em 2020, mas a realização da 30ª Feira Nacional de Artesanato – Expominas, em Belo Horizonte, no início de dezembro, contou com estande do Tocantins, que mais uma vez chamou as atenções pela singularidade das peças em capim dourado, madeira e outras matérias-primas. A expectativa é pela retomada da agenda completa de feiras em 2021, com participação garantida dos artesãos do Estado, definidos sempre por meio de processo de seleção.

CPC e Adir Blanc

Demanda antiga da classe artística, a reestruturação do Conselho de Política Cultural (CPC-TO) deu voz aos diversos segmentos artísticos representados nas Câmaras Setoriais, dando maior participação popular nos momentos de definição de diretrizes para o setor.

A colaboração do Conselho foi fundamental para a distribuição dos recursos da Lei Aldir Blanc aos editais de concessão de prêmios às iniciativas artísticas e culturais. A lei federal, que dispõe sobre ações emergenciais voltadas ao setor cultural durante o estado de calamidade pública, destinou mais de R$ 35 milhões ao Tocantins, sendo parte do repasse para o governo estadual e parte para as gestões municipais. Os recursos federais também foram destinados para o auxílio emergencial direto aos artistas.

Museus

A visão sobre os museus no Brasil e no mundo nunca mais será a mesma após a pandemia da Covid-19. Mas isso não significa, necessariamente, algo ruim. Com o tema “Mundo Digital: Museus em Transformação”, o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) realizou a 14ª Primavera dos Museus. A Adetuc participou da programação, por meio da gerência de Acervos e Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, que programou uma série de postagens nas redes sociais e webconferências para tratar da renovação dos museus neste novo momento social. O ponto alto foi o lançamento da Rede Estadual de Museus, com representantes dos museus tocantinenses.

O Museu Histórico do Tocantins (Palacinho) e o Memorial Coluna Prestes, os dois principais equipamentos museológicos do Estado, foram reabertos em outubro, após oito meses de portas fechadas ao público. Para garantir a segurança dos visitantes e colaboradores, foi adotado um protocolo de segurança, orientado pelos órgãos competentes de saúde e considerando a cartilha publicada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).

Turismo em reconstrução

O ano de 2021 para o turismo deve começar exatamente como 2020, ou seja, com muito otimismo e expectativa de investimentos e crescimento do setor. A assinatura da portaria ministerial que institui os parâmetros para o desenvolvimento de programas, projetos e ações para a retomada do setor, e a campanha “Viaje com responsabilidade e redescubra o Brasil” foram lançadas em novembro, em cerimônia no Ministério do Turismo, em Brasília, com a participação do presidente da Adetuc, Tom Lyra, representando o Governo do Tocantins.

Os meses que antecederam este evento exigiram, da Adetuc, a elaboração de estratégias e a abertura de diálogo constante com representantes dos municípios turísticos, instâncias de governança, empresários e associações. Foram realizadas várias reuniões, presenciais e virtuais, para discutir estratégias de recuperação do segmento após a pandemia e a elaboração conjunta dos protocolos de prevenção à Covid-19.

Para garantir a correta aplicação dos protocolos, a Adetuc, por meio da Superintendência de Turismo, implantou o selo TO Seguro, percorrendo diversos municípios com o objetivo de orientar os estabelecimentos comerciais que atuam no turismo, como bares, restaurantes, meios de hospedagem e atrativos, a seguirem os protocolos de segurança. Hoje, o turista que encontrar o selo na porta de um empreendimento, localizado em 14 municípios das regiões Encantos do Jalapão, Serras Gerais, Cantão e Ilha do Bananal, saberá que, ali, proprietários e funcionários foram capacitados pela Adetuc.

Neste segundo semestre, os técnicos da Superintendência de Turismo também percorreram as regiões turísticas do Estado e realizaram reuniões com os representantes municipais. O objetivo foi prestar orientações sobre os novos critérios para inclusão no Mapa do Turismo Brasileiro, referentes ao período de 2021/2023.

Retomada

A aguardada reabertura das atividades turísticas no Jalapão foi marcada pela inauguração, em 30 de setembro, de reformas nos equipamentos turísticos localizados em Mateiros: dos banheiros e construção de quiosque na Prainha do Rio Novo, na Fazenda Tria Agro; de quiosque nas Dunas; da proteção e corrimão na Serra do Espírito Santo. Já no município de São Félix, na comunidade do Prata, foi inaugurada uma grande praça de lazer, preparada para atender tanto os moradores locais quanto os turistas. As obras foram financiadas pelo Banco Mundial, por meio do Programa de Desenvolvimento Regional Integrado e Sustentável (PDRIS). Juntas, somaram o valor de R$ 1.658.972,01.


A retomada comprovou uma demanda reprimida há meses: somente no mês de novembro, as Dunas receberam 3.687 visitantes e a Cachoeira da Velha/Prainha, 2.140 turistas. Estes números representam aumento no fluxo de turistas respectivamente de 77,7% e 30,4 %, em relação ao mesmo período de 2019. O levantamento comprova a presença de pessoas de diversos estados e países, principalmente São Paulo (28,7%), Rio de Janeiro (11,5%), Tocantins (11%) e Minas Gerais (8,8%).

Além dos encaminhamentos para a reabertura dos atrativos, a Adetuc manteve suas atividades de rotina e participou de eventos de turismo presenciais e virtuais, como a Festuris, em Gramado; o Travel show – Visit Pernambuco, em Porto de Galinhas; e a Abav Collab 2020, bem como fez parte da rota da 28ª edição do Rally Sertões, considerado o maior rally das Américas.

Além disso, a Pasta deu importantes passos em direção ao fortalecimento da atividade turística no Tocantins. Lançou o Observatório do Turismo - uma plataforma elaborada a partir das melhores práticas nacionais e internacionais de observatórios do setor -, assinou Termo de Cessão de uso da Plataforma Integrada do Turismo (PIT) com a Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, para a realização de inventário turístico e concluiu mais uma etapa do “Plano Operacional da Pesca Esportiva do Estado do Tocantins”, com a realização de famtour nos Lagos de Palmas e Peixe, para operadoras e programas de TV especializados. 

“A gestão Mauro Carlesse provou seu compromisso com o trade turístico e o segmento cultural. Conseguimos superar os desafios, na certeza de que, ao longo de 2021, teremos oportunidade de implantar novos projetos e dar prosseguimento às ações iniciadas neste ano”, completa o presidente Tom Lyra. 

Fonte: Wladimir Machado e Seleucia Fontes/Governo do Tocantins
  • Comentários do Blogger
  • Comentários do Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

Item Reviewed: Um ano repleto de desafios e conquistas para o turismo e a cultura Rating: 5 Reviewed By: porto rápido